Saltar para o conteúdo

Maborosi - A Luz da Ilusão

(Maboroshi no hikari, 1995)
?
Sua nota
Direção
Roteiro:
Teru Miyamoto (romance), Yoshihisa Ogita (roteiro)
Gênero:
Origem:
Duração:
110 minutos

Lupas (9)

  • O filme narra sobre luto com um olhar sensível. A partir de uma fotografia impécavel e uma direção impecável consegue expressar o sentimentos de melancolia da personagem para nós. Este filme não é o meu primeiro filme do diretor e infelizmente sua filmografia não acompanha o nivel dessa obra. Mas, mesmo assim recomendo assistir. Se Yasujiro Ozu estivesse vivo gostaria desse filme.

    Guilherme Tavares | Em 17 de Março de 2022 | NOTA: 9.0
  • Kore-eda estreava como diretor de ficções dando amostras de seu estilo introspectivo, no qual a superfície encobre dúvidas e inquietações da mente. Ainda que forma não tão fluida, ele convida seu espectador a refletir com a protagonista sobre perguntas de múltiplas possíveis respostas.

    Patrick Corrêa | Em 19 de Junho de 2021 | NOTA: 7.5
  • Um filme sentimental sobre a vida e a morte. Desenvolve bem a narrativa sem a necessidade de uma estrutura tradicional de enredo.

    João Pedro Duarte | Em 06 de Janeiro de 2020 | NOTA: 8.0
  • Koreeda inicia sua carreira numa espécie de mescla entre Ozu, Hou Hsiao e Edward Yang. Filme de aura amargurada onde os silêncios representam a dificuldade de expressar os sentimentos de perda e de compreendê-los.

    Eliezer Lugarini | Em 10 de Janeiro de 2019 | NOTA: 7.0
  • A câmera fixa e a duração mais extensa dos planos põem em relevo as cuidadosas composições de Koreeda (remetendo bastante a Edward Yang), que traduzem a perdição estática da protagonista em busca de respostas que não existem.

    Augusto Barbosa | Em 28 de Novembro de 2018 | NOTA: 8.5
  • Koreeda tem uma sensibilidade extraordinária para tratar de temas relacionados à morte. Fotografia e enquadramentos de deixar a gente de queixo caído.

    Srta. Romanov | Em 02 de Outubro de 2018 | NOTA: 9.0
  • Brilhante e espalhado de referências, indo de Ozu até Antonioni. Grande filme!

    Francisco Bandeira | Em 19 de Fevereiro de 2015 | NOTA: 9.0
  • 27/12/14

    Eduardo Scutari | Em 27 de Dezembro de 2014 | NOTA: 8.0
  • Difícil entender qual o sentido da morte,aonde a vida vai após o fim e que moivos tão desesperados levam alguém a se matar - ainda mais aterrador quando não há motivo aparente.

    Adriano Augusto dos Santos | Em 30 de Junho de 2012 | NOTA: 8.0