Saltar para o conteúdo
8,2
Média
612 votos
?
Sua nota
Direção
Richard Linklater
Roteiro:
Richard Linklater
Gênero:
Drama
Origem:
Estados Unidos
Estreia:
30/10/2014
Duração:
163 minutos
Prêmios:
72° Globo de Ouro - 2015, 87° Oscar - 2015

Lupas (95)

  • Para além da história de vida do garoto Mason, mas como o cotidiano sustenta conteúdo que nenhuma ficção dá conta de tamanha comoção. A filmagem ao longo de 12 anos marca bem o estilo de Linklater...

    Paola Del Nero | Em 21 de Março de 2021 | NOTA: 9.0
  • Um filme sobre e para a vida. Um dos melhores filmes que tive a oportunidade de assistir ao longa da jornada... A simplicidade da obra o faz ser faraônico. Sublime, maravilhoso, encantador. Um filme para se rever anualmente.

    Kayo Baptista Carlos | Em 20 de Julho de 2020 | NOTA: 10.0
  • Richard Linklater constrói cuidadosamente o longa e acerta em cheio mais uma vez: usa como âmago o protagonista e submerge na vivência das fases e na vida como ela é.

    Lucas Santos | Em 30 de Janeiro de 2020 | NOTA: 8.0
  • Trilogia Before, Boyhood......Richard Linklater vai gravando seu nome para posteridade. Este, vale tanto pela trivialidade da vida quanto pela ambição da ideia e sua execução. Tanto de um jeito como de outro, filmaço.

    Luiz Henrique C. Batista | Em 22 de Janeiro de 2020 | NOTA: 9.5
  • FILME NORMAL !!! SUPER VALORIZADO SÓ POR SER FEITO EM 10 ANOS, ATÉ ONDE BRASIL !

    Gustavo Gomes Lopes Cançado. | Em 03 de Agosto de 2018 | NOTA: 6.0
  • O final é fascinante, e a montagem é bem eficiente em conectar as transições. As quase 3h fluem perfeitamente, tamanho o envolvimento com a estória (vida?) que, através das nuances e uma simplicidade poética, acabam criando uma belíssima homenagem a vida.

    César Barzine | Em 17 de Maio de 2018 | NOTA: 9.0
  • Uma lição sobre a vida. Boyhood, com certeza um clássico instantâneo, provou que 12 anos passam num piscar de olhos. A frase prova-se mais do que certa, para descrever a jornada: "achei que haveria mais (na vida)".

    Igor Lino | Em 24 de Janeiro de 2018 | NOTA: 9.0
  • Traz o simples e o realista de uma forma que pouquíssimos diretores conseguem. Lindo!

    Dan N. | Em 17 de Dezembro de 2017 | NOTA: 8.5
  • Filme chato.E superestimado.

    Araquem da Rocha | Em 09 de Dezembro de 2017 | NOTA: 6.0
  • 05/11/2017

    Antonio Celio Borges | Em 05 de Novembro de 2017 | NOTA: 8.0
  • É um filme bonito, dá para se identificar e o diretor soube conduzir, mérito dele... Em contrapartida, eu daria um dedo para não ter que assistir esse looonga novamente.

    Homero Mir | Em 10 de Outubro de 2017 | NOTA: 7.5
  • a criança calada, o adolescente emo gótico, o adulto fotografo, a irma baladeira revoltada, a mãe triste ,divorciada, com medo do esquecimento, o pai amigão e engraçado, o padrasto malvado, filme manjado. Diálogos, elenco, final, direção e técnica salvam.

    Guilherme Santos | Em 17 de Setembro de 2017 | NOTA: 8.5
  • Nada aconteceu na minha no mesmo intervalo de 12 anos, a diferença é que eu não obriguei plateias inteiras a assisti-la. Um dos maiores sacos de vento do cinema.

    Vinicius Lins Magno Ferreira | Em 04 de Abril de 2017 | NOTA: 3.0
  • Boyhood é muito mais do que o cartão de convite de ter sido filmado por 12 anos, é um retrato da celebração da vida. Linklater se confirma como dos melhores diretores de sua geração, nivelando este trabalho com sua trilogia do Antes.

    João Vitor G. Barbosa | Em 13 de Março de 2017 | NOTA: 9.0
  • Confesso que curti o filme só pelo modo como ele foi feito mesmo, acredito que qualquer trama que fosse apresentada dessa maneira eu aprovava. Enfim,será lembrado como o "filme dos 12 anos" e não o da grande história,cena, personagem...

    Pedro Henrique | Em 14 de Janeiro de 2017 | NOTA: 7.5
  • Linklater fala sobre a vida como um grande aprendizado, inteligentemente não busca explicações ou tornar a jornada algo extremamente complexo. Ele diz que a vida é pelo simples fato de ser, e isso não precisa fazer sentido mesmo.

    Ravel Macedo | Em 09 de Dezembro de 2016 | NOTA: 8.0
  • Linklater é disparado o diretor que melhor entende as relações humanas e verbaliza isso em forma de filme. Verossímil ao extremo. Boyhood é a vida humana na tela. Vale cada segundo!

    Felipe Rosa da Silva | Em 28 de Outubro de 2016 | NOTA: 9.0
  • Uma das experiências mais singulares proporcionadas pela sétima arte! Da gosto de ver que ainda existem cineastas como Linklater, que preza em seus filmes, acima de tudo, o ser humano e suas relações! Um pouco longo demais, mas lindíssimo!

    João Ferreira | Em 05 de Julho de 2016 | NOTA: 10.0
  • Linklater discorre, com carinho e sensibilidade, sobre cotidiano familiar e amadurecimento sem perder de vista a beleza e as agruras que a vida oferece e que servem para moldar quem somos. No ótimo elenco, destaque para Coltrane e Arquette. Obra poderosa.

    Diego de Mendonça Costa | Em 12 de Junho de 2016 | NOTA: 9.0
  • Pela nostalgia, vale nota. Mas é chato de qualquer forma.

    Mary SB | Em 20 de Março de 2016 | NOTA: 6.0