Saltar para o conteúdo
7,5
Média
25 votos
?
Sua nota
Direção
Roteiro:
Don Hertzfeldt
Gênero:
, ,
Origem:
Duração:
17 minutos
Prêmios:
88° Oscar - 2016

Lupas (6)

  • Não é tão original quanto fica tentando ser, nessa ideia de futuro e felicidade no efêmero eterno, momentâneo, que é viver, mas quando funciona bate muito forte. Aquele sensação de complexidade sobre a finitude da vida, o medo da morte e a eterna conexão ou tentativa de conexão consigo mesmo nos faz lembrar um pouco de sempre ter em mente a coragem e a sensatez para existir.

    Leonardo Ferreira Sampaio | Em 25 de Agosto de 2020 | NOTA: 8.0
  • Os personagens são horrorosos e os cenários têm cores aberrantes que incomodam a visão. Não há consistência no roteiro, apenas papo-cabeça de autoajuda (com uma irritante narrativa em off, nada comum a curtas-metragens, para levar o conteúdo nas costas). Seria melhor uma tela em branco, com música ao fundo e alguém lendo o texto.

    Gilberto C. Mesquita | Em 30 de Junho de 2020 | NOTA: 0.0
  • O traço simples abriga uma viagem inventiva que relembra a finitude de todas as coisas.

    Patrick Corrêa | Em 25 de Agosto de 2017 | NOTA: 8.0
  • A sensibilidade de uma menina imprimida e traduzida pela maior animador da atualidade.

    Lucas da Costa Simão | Em 10 de Junho de 2016 | NOTA: 9.0
  • Uma das visões de mundo distópico mais irônicas já feitas pela tamanha ingenuidade da criança, que soa como o perfil mais inteligente daquele mundo patético e perdido. Um viva ao presente, ao trivial, a simplicidade de viver.

    Guilherme Algon | Em 28 de Fevereiro de 2016 | NOTA: 8.0
  • Tem uma grande mensagem da valorização do presente em detrimento da busca incessante do homem se aproximar do futuro. É bem interessante, mas tem algumas passagens que me incomodaram um pouco e soaram exageradas.

    Eliezer Lugarini | Em 13 de Fevereiro de 2016 | NOTA: 7.5