Saltar para o conteúdo

Era o Hotel Cambridge

(Era o Hotel Cambridge, 2016)
7,7
Média
32 votos
?
Sua nota
Direção
Roteiro:
Luis Alberto de Abreu (coescritor), Eliane Caffé (coescritora), Inês Figueiró (coescritora)
Gênero:
Origem:
,
Estreia:
16/03/2017
Duração:
99 minutos

Lupas (7)

  • Me compadeço por demais pelas pessoas retratadas e por sua condição de vida ainda que eu não concorde com a luta que travam, afinal de contas o filme me faz pensar que talvez o grande problema esteja na polícia cumprindo ordens ou na justiça cumprindo as leis, oras, o ataque é realizado no alvo equivocado. Confesso que o formato me causou uma certa dúvida, considerando ser um filme denúncia faria maior sentido se de fato se tratasse de um documentário baseado na realidade.

    Eliezer Lugarini | Em 06 de Maio de 2020 | NOTA: 5.5
  • O melhor filme nacional que vi em muito tempo...

    Alexandre N. Magno | Em 02 de Outubro de 2019 | NOTA: 9.0
  • É um filme atual com viés social, o recorte deu um charme de documentário, as várias línguas deu voz aos refugiados, não me encantou, mas ganhou meu repeito, um filme de esquerda, um tapa de luva na direita... Bonito e triste... #RetratoDoBrasil

    Rosana de Almeida Machado | Em 09 de Março de 2019 | NOTA: 8.0
  • Se você estiver parado(a) na plataforma da estação da Luz, em São Paulo, e por um momento olhar para um dos prédios ao redor da estação, vai notar a seguinte frase que emblema tudo que o belíssimo filme de Caffé nos explicita: Quem não luta, está morto.

    Douglas Rodrigues de Oliveira | Em 18 de Março de 2018 | NOTA: 7.0
  • Arte e política em um só corpo coeso e sem maniqueísmos. Filme que remete ao melhor da tradição do pseudo-documentário.

    Caio Santos | Em 10 de Fevereiro de 2018 | NOTA: 8.5
  • 29/07/17 - A mistura entre ficção e realidade resultou em algo originalmente chato.

    Eduardo Scutari | Em 30 de Julho de 2017 | NOTA: 5.0
  • Condução ímpar, crítica ferrenha, panorama mordaz do que acontece entre quatro paredes, vários andares e nações inteiras. Centenas, milhares, milhões de histórias ao nosso redor que nos recusamos a ouvir.

    Guilherme Algon | Em 25 de Abril de 2017 | NOTA: 9.0