Saltar para o conteúdo
2,5
Média
40 votos
?
Sua nota
Direção
Barbara Bialowas, Tomasz Mandes
Roteiro:
Barbara Bialowas, Tomasz Klimala, Blanka Lipinska
Gênero:
Drama, Romance
Origem:
Polônia
Estreia:
31/12/1969
Duração:
114 minutos

Lupas (8)

  • Argumento não faz sentido algum. Atores ruins, roteiro absurdo, um filme medíocre! É tão ruim que funciona como comédia em alguns momentos, mas, como não era a intenção, fica no Zero mesmo. Por essas e outras, parei de assinar netflix.

    Gabriel Cine | Em 16 de Agosto de 2021 | NOTA: 0.5
  • Um discípulo de "500 tons de cinza", se naquele já não tínhamos uma história interessante, aqui a coisa piora, história insossa, personagens misógino e truculento, nojento e deplorável o motivo do sequestro, tornou a beleza artificial, um filme sensual, com belíssima fotografia, cenas sexuais muito bem filmadas e só...

    Rosana de Almeida Machado | Em 04 de Outubro de 2020 | NOTA: 7.5
  • Se desprezarmos o argumento mais podre dos últimos anos, dá para se empolgar com duas cenas de sexo, no máximo.

    Matheus Gomes | Em 20 de Setembro de 2020 | NOTA: 3.0
  • Muito mimimi e hipocrisia de quem queria está no lugar da mulher. A mulher não foi violentada e nem obrigada a fazer algo que não quisesse. Ela tbm recebeu o celular e o notebook se quisesse ter ido embora... Muito bom filme.

    RONIEL GOSLLOSVOSCKHY | Em 14 de Julho de 2020 | NOTA: 8.0
  • Esse filme só não está enfrentando o ódio das feministas porque aparentemente um cara rico, poderoso e bonito manter uma mulher em cativeiro mexe com as fantasias das meninas. Fosse um cara comum seria um filme de terror rs. Mais um produto criado para agradar as mulheres de baixo-estima que sonham em ser escolhidas pelo melhor partido do pedaço (ele é o único cara bonito que aparece no filme, ela é a mais "comum" entre as beldades que desfilam pela "obra"). Culpa, mais uma vez, de Crepúsculo.

    jorge lucas | Em 27 de Junho de 2020 | NOTA: 0.0
  • Uma história sem nexo e nada plausível, com personagens caricatos e rasos, que tenta apelar pro sexo, ainda assim sem êxito pois é bem machista.

    Cássio Fassbender Bartz | Em 26 de Junho de 2020 | NOTA: 3.0
  • Quase tudo que existe de problemático tem nesse filme: machismo, possessividade, cárcere, relação com crime, dominação. É um filme que se posto numa análise de uma feminista recebe facilmente nota 0. Além da problemática, se sustenta com muitas cenas de sexo, que por sinal são gravadas com qualidade. No todo, não é um desastre. Consegue entreter, mesmo com todos os poréns.

    Lucas Alves | Em 19 de Junho de 2020 | NOTA: 6.0
  • Lixo!! O filme é ruim do início ao fim. Roteiro sem pé nem cabeça, história nada convincente, música excessiva, interpretações fracas, um apelo para cenas de sexo, além de altamente misógino. Cheguei a pensar que fosse uma produção da Netflix que, com raríssimas excessões, só produz porcaria. Mas, nesse caso, é apenas distribuidora.

    Fernando Meurer | Em 18 de Junho de 2020 | NOTA: 1.0