Saltar para o conteúdo

Notícias

Cineplayers Cast 36 - O Bebê de Rosemary



Em 2018 completam 60 anos do lançamento de um dos maiores clássicos de horror que o cinema já viu, O Bebê de Rosemary, de Roman Polanski.

Rodrigo Cunha, Bernardo Brum, Heitor Romero e Régis Trigo debatem sobre a obra. Ainda hoje ela consegue ser efetiva em seus objetivos? Por que o filme é tão bom? Qual a relação entre a obra e a vida de Polanski? É um de seus melhores filmes, realmente?

Essas e muitas outras questões aqui, apenas no Cineplayers Cast. 

HUGE SPOILERS FROM A LITTLE BABY!!

Duração: 92 minutos 

Edição: Edu Aurrai


Assista agora mesmo!
Filmes citados no cast:

Cinzas e Diamantes
Possessão
A Liberdade é Azul
O Estranho Poder de Matar
A Faca na Água
Armadilha do Destino
Repulsa ao Sexo
A Dança dos Vampiros
Chinatown
Busca Frenética
Lua de Fel
O Pianista
O Inquilino
A Pele de Vênus
O Escritor Fantasma
Piratas
O Último Portal
Oliver Twist
Deus da Carnificina
Ensina-me a Viver
Sete Homens e um Destino
O Planeta dos Macacos
Jejum de Amor
Cupido é Moleque Teimoso
Um Estranho no Ninho
1941 - Uma Guerra Muito Louca
O Silêncio dos Inocentes
Carrie, A Estranha
Ato Final
Procura Insaciável
A Tragédia de Macbeth
As Esposas de Stepford
Mulheres Perfeitas
Os Meninos do Brasil
O Exorcista
Um Corpo que Cai
A Origem
Rebecca - A Mulher Inesquecível
O Iluminado
Psicose
A Noite dos Mortos-Vivos


Comentários (10)

Ewerton | sexta-feira, 20 de Julho de 2018 - 02:38 | Responder

Ñ é só o meu filme de terror preferido, mas o meu filme preferido. A direção do Roman Polanski é perfeita e o suspense criado pelo filme é surpreendente. Dos filmes recentes, "Corra" é o filme que, na minha opinião, se iguala ao suspense do Polanski.

Walter Prado | sexta-feira, 20 de Julho de 2018 - 11:39 | Responder

Eu não acho que Corra! se iguala ao suspense de O Bebê de Rosemary por 2 motivos, principalmente: Corra! tem um alívio cômico que o filme do Polanski não tem e a atmosfera sobrenatural dos dois filmes é bem diferente.

Ewerton | segunda-feira, 30 de Julho de 2018 - 22:14 | Responder

Walter, o meu comentário foi somente em relação à criação do suspense (na primeira parte do filme) construída pelo diretor. Além disso, a atmosfera não é tão diferente assim, pois ambos os protagonistas desconfiam que estão envolvidos por pessoas estranhas e que querem lhe fazer algum mal.

Faça login para comentar.