Saltar para o conteúdo

Notícias

Cineplayers Cast 38 - Era Uma Vez no Oeste



Um dos filmes mais respeitados no Cineplayers, chegou a hora do nosso podcast falar sobre Era Uma Vez no Oeste, clássico de Sergio Leone que está completando 50 anos em 2018.

Rodrigo Cunha, Bernardo Brum, Heitor Romero e Régis Trigo unem-se mais uma vez para comentar todos os pontos da obra: como era a época em que o filme foi rodado? Por que ele é tão bom? Quais nossas passagens favoritas? Entre muitas outras questões...

Então, simbora mais uma vez que esse clássico te espera.


ESSA CIDADE É PEQUENA DEMAIS PARA TANTO SPOILER!


Duração: 113 minutos 

Edição: Edu Aurrai

Filmes citados no cast de hoje:

Três Homens em Conflito 
Por um Punhado de Dólares 
Por Uns Dólares a Mais 
Era Uma Vez na América 
Quando Explode a Vingança 
Ladrões de Bicicleta 
Quo Vadis (1951)
Ben-Hur (1959)
Spartacus (1960)
Os Últimos Dias de Pompéia 
O Colosso de Rodes 
Cleópatra 
... E o Vento Levou 
Yojimbo - O Guarda-Costas 
Django 
Django Livre 
Um Pistoleiro Chamado Papaco 
O Dólar Furado 
Um Estranho Sem Nome 
Josey Wales, o Fora-da-Lei
Quando os Homens São Homens 
Oeste Selvagem 
Os Imperdoáveis 
Dead Man 
Suspiria 
Prelúdio para Matar 
Último Tango em Paris 
Os Sonhadores 
Matar ou Morrer 
12 Homens e uma Sentença 
As Vinhas da Ira 
Consciências Mortas 
Tubarão 
Janela Indiscreta 
Toy Story 
A Mocidade de Lincoln 
A Chegada do Trem à Estação 
O Homem Que Matou o Facínora 
Pat Garrett & Billy The Kid  
De Volta Para o Futuro 3
O Bebê de Rosemary 
A Noite dos Mortos-Vivos (1968)
2001: Uma Odisseia no Espaço 
Oliver!
Perdidos na Noite



Comentários (4)

Josiel Oliveira | sexta-feira, 29 de Junho de 2018 - 22:32 | Responder

Porraaaaaa... melhor podcast até agora hein!! Parabéns mesmo, fez jus ao filme!!
O Leone foi meu primeiro diretor favorito, por muito tempo foi até minha inspiração pra senha de e-mail kkkk, que inclusive eu descobri graças ao cineplayers, há mais de 10 anos atrás acho, nas primeiras pesquisas dos Tops daqui.
Legal o comentário do Kadu.. concordo que essa "italianidade operística", essa pegada barroca, não vem do Visconti, claro que não tem inspiração direta, mas acho que entendi a comparação do Régis.. essa parada de falar de personagens decadentes num tom mais épico, da burguesia no caso do Visconti e do pistoleiro no caso de Era Uma Vez no Oeste.. uma comparação curiosa.
E muito bom.. não sabia dessa história do Leone e do Corbucci com o Kurosawa.. muito foda essa ideia da retroalimentação!

Carlos Eduardo | sexta-feira, 29 de Junho de 2018 - 23:43 | Responder

O podcast que essa obra prima merece. Aguardando ansiosamente o podcast da trilogia dos dólares! Muito massa o comentário do Kadu.

Prêmio BRAZINTERMA | quinta-feira, 05 de Julho de 2018 - 10:08 | Responder

Podcast necessário para esta obra prima do cinema. Algumas sugestões para futuros Podcasts são: o francês Jacques Tati e da dupla do cinema britânico Michael Powell & Emeric Pressburger.

Faça login para comentar.