Saltar para o conteúdo

Notícias

Guerra Mundial Z 2 é cancelado


Um dos projetos recentes que mais passou tempo no que se chama entre produtores hollywoodianos de development hell (ou inferno de desenvolvimento), Guerra Mundial Z 2, que seria dirigido por David Fincher (Garota Exemplar), foi finalmente cancelado.

A sequência do filme estrelado por Brad Pitt em 2013 baseado em livro de 2006 escrito pro Max Brooks tinha estreia prevista para 2018 ou 2019. O projeto, que já tinha sido assumido por gente como J.A. Bayona (Jurassic World: Reino Ameaçado). Brad Pitt trouxe Fincher para o projeto, que em 2017 sentiu um golpe quando o ex-empresário de Brad Pitt e seu parceiro na fundação da empresa Plan B, que produzia o filme, faleceu aos 59 anos repentinamente.

Após assinar com a Annapurna Pictures, a Paramount atrasou bastante a produção do filme que teria filmagens em vários países, custando a dar sinal verde. Fincher então partiu para dirigir nesse meio tempo duas temporadas da série de suspense Mindhunter, com a segunda em processo de edição e com planos de lançar em breve. Brad Pitt, que também teve de recusar inúmeros projetos desde a confirmação de sequência, poderá ser visto esse ano em Ad Astra, de James Gray e Era Uma Vez em Hollywood, de Quentin Tarantino.

O primeiro filme foi um projeto bastante caro para o estúdio (custando cerca de 269 milhões de dólares), exigindo inúmeras reescrituras de roteiro e até pausa nas filmagens enquanto a história não era resolvida. Com isso, a Paramount perde outra possibilidade de franquia, tocando em frente agora apenas as cinesséries Missão Impossível e Transformers como projetos maiores e constantemente rentáveis.

Comentários (2)

Walter Prado | sexta-feira, 08 de Fevereiro de 2019 - 17:35 | Responder

Ainda bem que não perdi meu tempo assistindo ao primeiro filme, o que só faria pra ver esta sequência dirigida por Fincher.

Araquem da Rocha | sexta-feira, 08 de Fevereiro de 2019 - 23:34 | Responder

Eu queria ver um possível grande blockbuster de qualidade feito por Fincher.

Faça login para comentar.