Saltar para o conteúdo

Notícias

James Gunn pode assumir o comando de Esquadrão Suicida 2


A desgraça de James Gunn na Marvel pode ser a salvação do Universo Estendido DC. Três fontes informaram ao The Wrap que a Warner Bros. negocia com o diretor e roteirista de Guardiões da Galáxia para assumir o comando de Esquadrão Suicida 2. Para assinar o roteiro e, "possivelmente", ser o diretor da sequência.

Estrelado por Will Smith (Pistoleiro), Margot Robbie (Arlequina) e Jared Leto (Coringa), Esquadrão Suicida arrecadou US$ 750 milhões em todo o mundo, mas é tido como um dos piores filmes de super-heróis já feitos. Portanto, James Gunn teria um desafio paradoxal pela frente: assim como o (criticado) trabalho realizado por David Ayer joga as expectativas para baixo, não será fácil reconduzir uma franquia iniciada com o pé esquerdo.


James Gunn foi demitido pela Disney em julho depois que "piadas" sobre estupro e pedofilia foram descobertas em seu Twitter. O cineasta desculpou-se e afirmou que crescera como ser humano desde que os comentários foram publicados, fãs pediram seu perdão e continuidade no Universo Cinematográfico Marvel, mas o Estúdio do Mickey manteve a exclusão de Gunn de Guardiões da Galáxia Vol. 3 e de toda a franquia.

Esquadrão Suicida 2 terá produção do veterano Chuck Roven, de Batman: O Cavaleiro das Trevas, Mulher-Maravilha e tantos outros. A primeira versão do roteiro foi escrita por Gavin O'Connor (Guerreiro).

Comentários (1)

Araquem da Rocha | terça-feira, 09 de Outubro de 2018 - 21:46 | Responder

O primeiro é uma bomba,mas deu dinheiro pra warner.Ainda na esperança de ver um filme decente do esquadrão.Com James Gunn,acho que poderia ser interessante,mas pra mim sem o humor pastelão de Guardiões da Galáxia.

Faça login para comentar.