Saltar para o conteúdo
Romance Histórico Drama Animação

História de Amor e Fúria, Uma

(História de Amor e Fúria, Uma, 2013)
7,5
Cineplayers
4 votos
7,1
Usuários
80 votos
?
Sua nota
Direção
Luiz Bolognesi
Roteiro:
Luiz Bolognesi
Gênero:
Romance, Histórico, Drama, Animação
Origem:
Brasil
Estreia:
05/04/2013
Duração:
98 minutos

“Uma História de Amor e Fúria” é um filme de animação que retrata o amor entre um herói imortal e Janaína, a mulher por quem é apaixonado há 600 anos. Como pano de fundo do romance, o longa de Luiz Bolognesi ressalta quatro fases da história do Brasil: a colonização, a escravidão, o Regime Militar e o futuro, em 2096, quando haverá guerra pela água.

Elenco

Selton Mello
Herói imortal
Camila Pitanga
Janaína
Rodrigo Santoro
Paulo Goulart
Bemvindo Sequeira
Sérgio Moreno

Lupas

Faça login para dar uma nota e uma lupa.

  • Uma prova da competência brasileira em um terreno pouco explorado. A premissa simples se desenvolve a contento e não chega a subestimar seu público.

  • Um passo importante para a maturidade do gênero no Brasil. A estória do filme é inteligente e resume fatos históricos do nosso País de forma sincera e consciente, com momentos belos, tristes e realistas. A técnica em estilo HQ ficou bacana também.

  • Um orgulho nacional! Além de contar a história de país, é um filme provocador com imagens ricas e nunca vistas em um produção nacional! Filme incrível.

  • Tecnicamente e roteiro bem limitados, raso como um prato de sopa, não acrescenta nada, nada, nada, ao gênero.

  • Sobre nossa história. Sobre como SEMPRE tivemos e teremos que lutar e guerrear por direitos e liberdade, desde o descobrimento do país, com as tribos, até o futuro que sugere a escassez da água. Obrigatório nas escolas!

  • Só não é 10 porque poderia ter explorado mais a história do Brasil. Ficou muito centrado no Rio de Janeiro. Quando foi pra balaiada achei que ia acertar nesse ponto, mas não!

  • Parece um documentario bagunçado sobre a historia do Brasil com o pano de fundo uma historia de amor, quando na verdade deveria ser o contrario. A animaçao deixa muito a desejar, especialmente no visual, mas nao deixa de ser interessante... Como aula de h

  • O filme quer dizer alguma coisa, sim. Quer dizer que é um marco do cinema brasileiro em alguns de seus gêneros, em indubitável, e por isso já basta.

  • O contexto história traça um perfil das lutas sociais brasileiras com contundência e a narrativa, cheias de passagens de tempo, consegue ser equilibrada na maior parte do tempo. Sem dúvidas, um passo importante para a animação nacional.

  • Não gostei da iconografia preguiçosa da 1ª parte indígena, mas já no final dessa primeira parte, o filme ganha sua força. Um filme sensual que nos capta pelo poder de síntese das 4 partes. Um outro bom exemplar de anima brasil além de O Menino e o Mundo.

Comentários (0)

Faça login para comentar.