Saltar para o conteúdo
8,1
Cineplayers
7 votos
8,1
Usuários
226 votos
?
Sua nota
Direção
Stephen Frears
Roteiro:
Christopher Hampton (peça teatral e roteiro), Choderlos de Laclos (romance)
Gênero:
Romance, Drama
Origem:
Estados Unidos, Reino Unido
Duração:
119 minutos
Prêmios:
61° Oscar - 1989

Filmes Relacionados

França, 1788. Um jogo de seduções ocorre entre uma Marquesa, um belo conquistador, o ex-marido da marquesa e uma linda mulher casada. Porém, o resultado de tudo é muito mais trágico do que apenas traição e pecado.

Elenco

Glenn Close
Marquesa Isabelle de Merteuil
John Malkovich
Visconde Sébastien de Valmont
Michelle Pfeiffer
Madame Marie de Tourvel
Uma Thurman
Cécile de Volanges
Swoosie Kurtz
Madame de Volanges
Keanu Reeves
Raphael Danceny
Mildred Natwick
Madame de Rosemonde
Peter Capaldi
Azolan
Valerie Gogan
Julie
Laura Benson
Emilie
Joe Sheridan
Georges, lacaio de Tourvel
Joanna Pavlis
Adèle, criada de Rosemond
François Montagut
Belleroche
Harry Jones
Sr. Armand
François Lalande
Padre
Nicholas Hawtrey
Mordomo
Christian Erickson
Juiz do duelo

Lupas

Faça login para dar uma nota e uma lupa.

  • Um impressionante jogo de seduções, traições, paixão, vingança, amparado em roteiro sólido e atuações espetaculares (um dos maiores erros da Academia foi não ter premiado Glenn Close e sequer ter indicado John Malkovich por este filmes).

  • Um filme com o elenco bem classudo, mas com muitas oscilações.

  • Toda a prepotência, falsidade, hipocrisia e crueldade da burguesia francesa mostrada em seres tão entediados, que transformam a vida dos outros num inferno.Apoiado numa bela direção de arte, Frears gera uma obra de técnica perfeita e desenrolar instigante

  • Técnica: 10 Lógica artística: 9.5 Lógica científica: 8.0 Nota: 9.16

  • Sacanagem e perfídia deslizam em salões e alcovas, escondidas pelas belezas e regras da nobreza. Malkovich e Glenn fascinantes, cada cena é um momento de ouro. Todos os outros completam maravilhosamente. Encenação espetacular, não cansa nunca.

  • Ótimas atuações e representação da retórica e manipulação que se esconde por trás da época. Só que o filme usa isso tão constantemente que a graça e o propósito não convence muito, além do roteiro linear que se perde na organização dos bons diálogos.

  • Os conflitos vão evoluindo ao mesmo tempo em que os personagens são desenvolvidos. É uma sintonia quase perfeita. E o trio de atores principais está sensacional, com um destaque maior ainda para Michelle Pfeiffer.

  • Intrigas, máscaras e vaidades passeiam por jardins e residências suntuosos, deixando suas marcas indeléveis. Close e Malkovich estão detestáveis como pedem seus burgueses entediados.

  • Inexplicável a sensação que nos permeia ao final; de resto, uma direção de arte que, na mais singela visão, transborda beleza e classe, e atuações nada menos que sublimes, em especial Glenn Close, beirando a perfeição.

  • Glenn Close sen-sa-cio-nal!

Comentários (0)

Faça login para comentar.