Saltar para o conteúdo
9,0
Cineplayers
16 votos
8,9
Usuários
1226 votos
?
Sua nota

Woody, Buzz e o resto dos brinquedos são deixados num depósito quando seu dono, Andy, vai para a faculdade. Os brinquedos vão morar em uma creche, onde conhecerão novos amigos e viverão novas aventuras.

Elenco

Tom Hanks
Woody (voz)
Don Rickles
Sr. Cabeça de Batata (voz)
Michael Keaton
Ken (voz)
Tim Allen
Buzz Lightyear (voz)
Joan Cusack
Jessie (voz)
Wallace Shawn
Rex (voz)
John Ratzenberger
Porquinho (voz)
Ned Beatty
Lotso (voz)
Jodi Benson
Barbie (voz)
Estelle Harris
Senhora Cabeça de Batata (voz)
John Morris
Andy (voz)
Emily Hahn
Bonnie (voz)
Blake Clark
Slinky (voz)
Beatrice Miller
Molly (voz)
Erik von Detten
Sid (voz)
Bonnie Hunt
Dolly (voz)
Whoopi Goldberg
Senhor Estica (voz)
R. Lee Ermey
Sargento (voz)
Richard Kind
Traça (voz)
Lori Alan
Mãe de Bonnie (voz)

Lupas

Faça login para dar uma nota e uma lupa.

  • Toy Story segue divertido e empolgante, e ainda que este contenha uma parcela um pouco maior de cafonices maniqueístas que os anteriores praticamente mantém o mesmo nível deles.

  • Raro eu gostar de animações, mas esta me conquistou completamente. Seus personagens são dos mais incríveis e as cenas de ação são arrepiantes. (E o Porquinho, hein!? Iupiiiiii!)

  • O roteiro consegue falar com adultos que já viveram a passagem do tempo e com as crianças. Excelentes pequenas ideias e uma longa sequência de fuga executada impecavelmente. Terno, sensível, emocionante. O melhor da trilogia - talvez, o melhor do ano.

  • Mudar e seguir em frente são dilemas não apenas humanos, mas universais. Envelhecer junto com esses personagens foi uma experiência única, e a Pixar sabe disso ao nos entregar uma obra terna, sensível e reflexiva. O melhor da trilogia.

  • Diverte as crianças, emociona os adultos, fascina a todos. Minha animação de todos os tempos.

  • Basicamente uma remontagem - com o mesmo coração e técnica ainda melhor - do segundo capítulo da trilogia (o melhor de todos). Um grande filme, mas deve-se dar crédito a trabalhos mais originais.

  • Ao final de "Toy Story 3", minha vontade era de agarrar meus filhos Murilo e Helena e abraçá-los e beijá-los para sempre. Elogio maior que esse a um filme eu não conheço.

  • A série atinge o seu ponto máximo, num desenho que chega a ser quase insano, além de muito criativo e engraçado. Um belo filme sobre a passagem do tempo e as transformações da vida.

  • A Pixar amadureceu junto com seus personagens, e os que cresceram assistindo Toy Story entendem como é difícil abrir mão de certas coisas. A importância dos brinquedos, nossos primeiros melhores amigos e confidentes, nunca foi tão bem representada.

Comentários (0)

Faça login para comentar.